10 dicas para desacelerar a rotina



Desacelerar é uma escolha consciente, e nem sempre fácil, mas leva a uma maior apreciação da vida e a um nível maior de satisfação.

A gente ama passar horas no Instagram, xingar muito no twitter, conversar por figurinhas no WhatsApp, real oficial que a tecnologia é parte essencial da nossa vida. 

Smartphones, computadores, sistemas inteligentes e a internet das coisas são a prova de que ela tornou nossos hábitos muito mais fáceis do que há alguns anos. 

Nem parece que em 20 anos tanta coisa mudou! Tivemos uma virada e, em pouco, tempo a tecnologia explodiu e confessamos que é quase inimaginável uma vida diferente.

O fato é que todas as tecnologias nascem com alguns propósitos e se você pensar bem, em todos os casos há um propósito em comum: otimizar o nosso preciso tempo. Mas, o que fazemos com esse tempo que "economizamos"? 

Parece estranho, mas ao invés de usá-lo para vivermos melhor estamos acumulando tarefas sem fim, tornando nossas vidas cada vez mais aceleradas e agitadas. Descansar virou sinônimo de luxo. Ter um tempo offline? Nem pensar! E a minha produtividade, tá louca?

O problema é que a vida se move a um ritmo tão rápido que parece passar por nós antes que a gente consiga aproveitá-la. Eu, por exemplo, embora tenha tentado diminuir drasticamente a minha exposição às telas, não consigo lembrar da última vez de ter ficado totalmente desconectada.

E, enquanto deslizo um feed e outro, as coisas estão acontecendo ao meu redor. Realmente, não é isso que desejo. Quero uma vida desacelerada.


Mas, o que significa desacelerar?


De acordo com Leo Babuta, autor de "The power of Less", uma vida de ritmo mais lento significa dedicar um tempo para aproveitar as manhãs, em vez de correr para trabalhar de forma louca e exaustiva.

Significa apreciar o que estamos fazendo, apreciar o ambiente externo, realmente focar em quem estamos conversando ou passando o tempo - em vez de estarmos sempre conectadas a um celular ou laptop, e pensando sem parar nas de tarefas de trabalho e redes sociais.

Significa tarefas únicas, em vez de alternar entre uma infinidade de coisas sem focar em nenhuma delas. Resumindo, entendi que significa cuidar da minha energia, de quem sou.

E, com base nos ensinamentos de Leo, trouxe 10 dicas que estou pondo em prática e que podem ajudar você que deseja ter uma vida menos sobrecarregada.


1. Fazer menos.


É difícil desacelerar quando estamos tentando fazer um milhão de coisas. Em vez disso, fazer escolhas conscientes é um passo fundamental. É preciso concentrar-se no que é realmente importante, no que realmente precisa ser feito e apenas deixar o resto de lado. Uma boa estratégia é ter um um espaço entre tarefas e compromissos, para que a gente consiga passar nossos dias em um ritmo mais tranqüilo.


2. Estar presente.


Não basta desacelerar - precisamos estar atentas ao que estamos fazendo no momento. Isso significa que, quando você se encontra pensando em algo que precisa fazer, ou algo que já aconteceu, ou algo que pode acontecer... volte gentilmente para o momento presente.

Concentre-se no que está acontecendo agora. Em suas ações, em seu ambiente, em outras pessoas ao seu redor. Isso requer prática, mas é essencial.


3. Desconectar-se.


Não precisamos estar sempre conectadas. Se estamos com um celular ou outro dispositivo móvel precisamos aprender a desligá-lo, ou melhor, aprender a deixá-lo para trás sempre que possível.

Se você trabalha em um computador a maior parte do dia, há momentos em que você se desconecta para poder se concentrar em outras coisas, como um passeio no parque ou uma ida à praia.

Estar conectada o tempo todo significa que estamos sujeitas a interrupções, estamos constantemente estressadas ​​com a entrada de informações, ficando à mercê das demandas dos outros. É difícil desacelerar quando estamos sempre verificando novas mensagens.


4. Concentre-se nas pessoas.


Muitas vezes passamos tempo com amigas e familiares ou nos encontramos com colegas, mas não estamos realmente presentes. Conversamos, mas os dispositivos nos distraem. Estamos lá, mas nossa mente está no que precisamos fazer. 

Ouvimos, mas estamos realmente pensando em nós mesmos e no que queremos dizer. Nenhuma de nós é imune a isso, mas com esforço consciente podemos desligar o mundo exterior e apenas estar presente com as pessoas que amamos. Elas são importantes e merecem atenção!


5. Aprecie a natureza.


Muitas de nós ficam trancadas em nossas casas e escritórios, nos carros e metrôs da vida, a maior parte do tempo, e raramente temos a chance de sair. Porém, mesmo quando conseguimos um tempinho mais próximas da natureza estamos falando no celular.

Em vez disso, na próxima saída, reserve um tempo para sair e realmente observar a natureza, respirar fundo o ar fresco, apreciar a serenidade da água e da vegetação. 

Um boa é fazer exercícios ao ar livre quando puder ou encontre outras atividades ao ar livre para desfrutar, como caminhadas na natureza, natação, etc. Sinta as sensações da água e do vento e da terra contra a sua pele. Tente fazer isso o máximo possível, sozinha ou com pessoas que você ama.


6. Comer mais devagar.


Em vez de enfiar comida na garganta o mais rápido possível - levando a excessos e falta de prazer com a comida - aprenda a comer devagar. Esteja atenta a cada mordida. Aprecie os sabores e texturas. Comer devagar tem o duplo benefício de nos deixar mais satisfeitas com menos comida.


7. Desacelere no trajeto.


A condução rápida é um hábito bastante presente em nosso mundo acelerado, mas também é responsável por muitos acidentes de trânsito, estresse e desperdício de combustível. Se você dirige, crie o hábito de desacelerar ao dirigir. 

Aprecie o entorno. Faça desse um momento de paz para contemplar sua vida e as coisas que você está passando. Dirigir será mais agradável e muito mais seguro. Você usará menos combustível também. A menos que as coisas fujam do seu controle, tente não se atrasar para não precisar sair correndo por aí.


8. Encontre prazer em coisas simples.


Parece bobeira, mas não é. O que quer que você esteja fazendo, esteja totalmente presente... e também aprecie todos os aspectos e encontre o lado positivo de cada coisa. Por exemplo, se você acha lavar louça um saco e sofre toda vez que precisa fazer isso, experimente fazer diferente.

No lugar de encarar um pia suja e reclamar por isso, agradeça por ter tido a oportunidade de uma boa refeição. Muita gente gostaria de ter muita louça pra lavar, acredite. Realmente pode ser uma tarefa desagradável, mas se você aprender a mudar a perspectiva, vê-la dessa maneira. 

O mesmo se aplica a outras tarefas - lavar o carro, varrer, tirar o pó, lavar a roupa - e tudo o que você faz, na verdade. A vida pode ser muito mais agradável se você aprender esse hábito simples.


9. Respire.


Eu sei que você está respirando agora kkk, mas entenda que provavelmente não é do modo adequado. Sempre que estiver se sentindo acelerada, faça uma pausa e respire fundo. 5 minutinhos já é um bom tempo para colocar as coisas no lugar. Concentre-se nisso, sinta o ar entrando em seu corpo e sinta o estresse saindo e você estará atenta plenamente. Faça isso agora e experimento o que estou dizendo. :)


10. Aceite não ser zen o tempo inteiro. 


"Somos humanas e estamos em evolução." Ler essa frase, há algum tempo, foi libertador. Afinal, não podemos nos cobrar tanto. Mudar hábitos requer tempo e disciplina. 

Não será da noite para o dia que você vai passar a ver uma pia cheia de louça suja como uma coisa boa ou sentir calma observando o balançar das folhas de uma árvore, mas aos poucos. 

Permita-se sentir suas emoções plenamente independente se são boas ou ruins. Apenas não permita passar pela vida sem vivê-la, temos aqui uma jornada preciosa!



CONVERSATION

1 comentários:

  1. Adoreei esse texto!!
    Voltei das férias e meu ritmo pra ter tempo de tudo ficou louco. É realmente engraçado como mesmo com tantas ferramentes pra otimizar nosso tempo, mesmo assim sempre estamos sem tempo...
    Enfim, adorei as dicas. Não é nada fácil desacelerar, mas é preciso. Inclusive preciso colocar mais isso em prática.
    Obrigada pelo post! ♥

    https://www.heyimwiththeband.com.br/

    ResponderExcluir

Search this blog